sábado, 14 de junho de 2014

Quase abstrato (II)

Quase abstrato (II), by Guillermo Aldaya / PhotoConversa

Câmera: Canon EOS 7D
Objetiva: Canon EF 100mm
Abertura: f/6.3
Exposição: 1/160s
ISO: 640

2 comentários:

Marcanti disse...

Ajuntei todas as pedras
que vieram sobre mim.
Levantei uma escada muito alta
e no alto subi.
Teci um tapete floreado
e no sonho me perdi.
Uma estrada,
um leito,
uma casa,
um companheiro.
Tudo de pedra.
Entre pedras
cresceu a minha poesia.
Minha vida...
Quebrando pedras
e plantando flores.
Entre pedras que me esmagavam
Levantei a pedra rude
dos meus versos.

Cora Coralina

guillermo aldaya disse...

A poesia e a vida da Cora Coralina são sinônimos de simplicidade; gostei da associação, Marcos.